9 de abr de 2015

CONHECENDO MELHOR O PATCHWORK - PARTE 1



Dicas de Patchwork para Iniciantes



                                                                           


O patchwork é a união de tecidos de diferentes cores e estampas através da utilização de pespontos largos, mais conhecidos como quilt. As primeiras evidências do uso de patchwork datam de 3400 A.C., e, no Egito antigo, os faraós já utilizavam roupas feitas de sobras de tecidos para serem usadas sob as armaduras de ferro e colchas.

Hoje em dia, o patchwork é uma das técnicas mais utilizadas para se criar peças bonitas e alegres ou para dar nova cara a roupas e até mesmo móveis antigos.


                                                                           




Existem instrumentos específicos para tornar o seu trabalho mais fácil e garantir um resultado mais harmônico. Saiba quais são os materiais necessários para você dar início aos seus trabalhos de patchwork:
  • Cortador redondo: tem a lâmina extremamente afiada e é essencial na hora de cortar os tecidos com rapidez e precisão. Um bom cortador pode ser caro, mas facilita muito o seu trabalho. Para garantir a sua durabilidade, procure utilizá-lo sempre sobre uma base para corte.
  • Base para corte: é a base de apoio para usar o cortador e pode vir em diversos tamanhos. A base de corte possui linhas com medidas em centímetros ou polegadas para facilitar a mensuração e o corte dos tecidos.
  • Réguas: geralmente feitas de acrílico, facilitam o corte do tecido. Atualmente, as réguas vão muito além dos clássicos quadrados, círculos, retângulos e triângulos: você já encontra réguas em formato de corações, borboletas e tudo que fica lindo em patchwork! Juntamente com a base para corte e o cortador redondo, a régua forma o “trio” básico dos instrumentos para patchwork.
                                                                             



Tesouras: são necessárias para cortar moldes de papel e linhas. Deixe para cortar o tecido com um cortador apropriado.
  • Linha: dê preferência a linhas de algodão. Procure sempre combinar a linha com o tecido que está sendo costurado, o resultado final fica muito mais bonito.
  • Tecidos: o algodão é sempre o mais recomendado. Procure tecidos que tenham ao menos uma cor em comum, mas de diferentes estampas. Afinal, este é o charme o patchwork!
  • Lápis ou giz próprios para tecido: para você fazer suas marcações.
  • Ferro de passar: é importante que o tecido esteja limpo e bem passado antes de dar início aos trabalhos.
  • Alfinetes e alfineteiro: como costurar sem eles?
  • Máquina de costuras Singer: entre as mais recomendadas estão a confidence quilter 74690, projetada para ajudar na realização dos projetos de patchwork e equipada com todos os assessórios necessários para quem utiliza a técnica; e a superb 2010, que vem com Sapatilha para Quilt Livre e é perfeita para quem quer mais da sua costura!
 Confidence Quilter 7469Q



Superb 2010


            Agora que você já conhece os instrumentos necessários para iniciar no mundo do patchwork, dê asas à sua criatividade! Observe as suas obras de arte favoritas, as fotos de revistas e repare em como as cores se combinam e se complementam. Assim, você pode adotar o mesmo padrão nos seus trabalhos de patchwork!                    


Gostou? Aguarde a parte 2!!!














"Para hoje: Que todas as dores se tornem amores!!!"















Créditos: Costura Moderna


Beijos. :)
Emília Rolemberg


2 comentários:

  1. BAH ME DEU VONTADE DE FAZER QUALQUER HORA VOU ARRISCAR!

    ResponderExcluir
  2. Não vai se arrepender, Vera! É apaixonante!!!
    Bjs.

    ResponderExcluir